terça-feira, 6 de setembro de 2011

Independência ou...

     Morte! (Eitaaaa, sai prá lá!!!)

     Fazia tempo que eu não passava por aqui, hein? Quase uma semana... É, sei lá, andava meio borocoxô, cansadinha, sem ideia mesmo... Até que me veio à cabeça a célebre frase dita por D.Pedro I no dia da "independência" (???) do Brasil. Conforme aprendido nos bancos da escola, sabemos que não foi bem assim, não foi algo tão heróico, mas fato é que estamos aonde estamos, amanhã é feriado e tem até parada e chapeuzinho do Globo!


     Como sempre, sem ter muito o que fazer com essa astenia que me toma o corpo na semana seguinte à QT, comecei a pensar (Ssssimmm, eu faço isso! Nem parece, né? rs), e refletir sobre "independência". Morte, nem pensar... quem está tratando um câncer, passa a vê-la mais de perto, passa a sentir que ela passou por ali, e corre dela como vampiro corre do alho (para ser algo mais da moda!). Então vou me "apegar" apenas à independência. Morte deixa para quando eu estiver com uns 100 anos, por favor! Ainda quero aproveitar muuuuito a vida!


     Pois bem, amanhã comemora-se o Dia da Independência. Vai ter desfile de tanque, avião, cavalinho (adoraaaava essa parte!) e mais um monte de coisa. Mas, e para você? O que te faria comemorar a independência? Aproveitei o dolce far niente (aaai, como eu tô chique! Burguesinha do INSS ataca novamente!) e fiz uma lista de coisas que me deixariam  bem mais feliz, se eu me livrasse da dependência delas (vou incluir de tudo, até futilidade, afinal, a lista é minha!rs Aceito sugestões!):

Lista de desejos... Quero ficar livre (de/para):

- fazer a QT de 21 em 21 dias (aaaai, tá acabando, mas aí vem 1 ano de Herceptin! Seria feliz em não precisar mais disso...mas, mas...)
- desse kit "remédios" (minha cestinha deve estar maior que a da minha avó)
- poder comer o que quiser (e sem engordar, pode sonhar alto?)
- exames de sangue quase semanais
- não precisar passar 3 tipos de creme diferentes, porque a pele e as unhas foram para a cucuia
- não precisar tomar banho quando faz número 2 (ecaaaa), ainda mais no meio da madrugada, ou naquela fase do tratamento onde você chega a tomar 6 banhos/dia, se é que vocês me entendem)
- poder sair sem ter que enfiar peruca, lenços, ter que criar uma sobrancelha, tirar esse tom "amarelo-esverdeado" que só quem faz uma QT, tem. 
- poder ir aonde quero, cheio ou vazio, fazendo sol ou chuva...
- poder dirigir sem sentir tanta dor nos braços
- conseguir andar sozinha na rua, sem medo de passar mal, de não aguentar, de cansar...
- pensar em voltar a fazer atividade física, sem achar que vou morrer no meio do caminho
- acordar sem o pensamento: "ai, isso não é um sonho, e sim, está acontecendo comigo..." (mais para pesadelo, né?). Sei que está acabando, mas já está indo para 8-9 meses.
- poder trabalhar e seguir a vida adiante.
- poder planejar a vida, sem aquele medinho de não estar aqui em 2012, 2013... (podem espernear, mas só quem passa por uma doença assim, sente o que é o medo de morrer de perto, não adianta!)


     Sei que é uma fase, que vai passar, mas não vejo a hora de ser livre para ser feliz!
     
     Um ótimo feriado para todas! E mais música...:)

     "Liberdade, liberdade, abra as asas sobre nós!"





    "Liberdade é pouco. O que eu desejo ainda não tem nome."
    Clarice Lispector
 

    

10 comentários:

  1. ...poder dormir de bruços, sem medo de amassar o cateter , rsrs

    ResponderExcluir
  2. Poder dormir de bruços, acertadíssimo Martha, até agora não posso pq aperta as próteses e fica uma P... dor no dia seguinte...
    É amiga, as coisas normais fazem falta mesmo, mas agora nessa contagem regressiva elas voltarão com um gostinho melhor, pode ter certeza....bjoooooooo

    ResponderExcluir
  3. LInddooooooooooo este Post...
    Adorei sua lista de desejos, e como nossa mente tem poder..vc ira realiza-los TODOS!!!
    Bjos

    ResponderExcluir
  4. poder dormir ja me deixava feliz... poder fazer planos; Que coisa mais danada de boa seria poder, poder... Isso me lembrou uma musica, Tudo posso Naquele que me fortalece, negócio é que as vezes a gente até pode, mas num guenta...beijos amiga, bom feriado

    ResponderExcluir
  5. OLÁ MARINA!!!!!
    GOSTEI DA LISTA, PODER DORMIR DE BRUÇOS SERIA MUITO BOM OU PELO MENOS DO LADO DIREITO.
    PODER PASSAR ROUPA SEM TER QUE PARAR PARA FAZER EXERCÍCIOS E AINDA ASSIM SENTIR DOR.
    PODER DIGITAR SEM SENTIR DOR.
    PODER VIVER SEM MEDO DE TER UM LINFEDEMA.
    É TANTA COISA NÉ.
    BOM FERIADO!!!!!!
    UM FORTE ABRAÇO. FIQUE COM DEUS.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Marina, na verdade nós apenas queremos voltar a ter uma vida normal, sem medo, sem sustos, sem quimios, sem remedios pós-quimio, sem insonia...e muito mais...faço eu da sua lista a minha, só acrescentaria, poder pegar minha filha no colo e fazer dormir, ou dançar com ela nos braços ou apenas brincar sem que a minha mão inche ou doa...ai saudades da vida a.D....antes do diagnóstico...bjs

    ResponderExcluir
  7. Menina..fora o ultimo itém todos os outros são e serão realizados.
    Posso te dizer porque foi assim comigo!rs
    beijos e independência!!

    ResponderExcluir
  8. Meu amor você é e sempre será FELIZZZZZZZ,ah, pensa que depois do dia 20 muitos japinhassssss virão , põe FELICIDADE nisso'!!!!!
    vamos rir muito e falar muita bobeira, bem light.... T.A. de paixão!!!!!
    Dida

    ResponderExcluir
  9. Bem Marina, concordo plenamente com a sua lista e acrescentaria na minha: poder vestir uma camiseta sem gritar "aiiiiiiiiiiiiii" rsss, to assim!
    Beijos
    Sol

    ResponderExcluir
  10. Lindo blog, linda historia de vida. Quando puder, passe para conhecer a Fundação Laço Rosa que batalha pela cura do câncer de mama e que abriga o 1o banco de perucas online do Brasil. Ver histórias vencedoras anima muita gente. Parabéns e continue firme!
    www.fundacaolacorosa.com
    www.facebook.com/fundacaolacorosa
    @fundlacorosa no twitter

    ResponderExcluir